Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Design Industrial
  4. Projeto 2

Projeto 2

Código 12618
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 8
Carga Horária OT(15H)/TP(75H)
Área Científica Design Industrial
Tipo de ensino Teórico-Prático
Objectivos de Aprendizagem Interpretar os objetivos e questões propostas e materializar sob a forma de um artefacto as respostas às questões levantadas. Desenvolver conhecimentos multidisciplinares, coordenando as várias áreas fundamentais à construção de um projeto, da investigação à definição de conceito, do desenho à modelação e maquetagem, da pós-produção à apresentação.
Desenvolvimento de capacidades de investigação, planeamento, desenvolvimento de conceitos, representação, decisão técnica, prototipagem, modelação e comunicação.
Demonstrar capacidade de gerir projeto complexo.
Desenvolver competências práticas para a atividade de projeto de produtos e equipamentos industriais contemporâneos, competitivos, pensados para as pessoas, obedecendo a requisitos de sustentabilidade.
Desenvolver aptidões para o trabalho em equipa, de colaboração e fácil gestão de relações interpessoais.
Estabelecer um forte relacionamento entre Design e Tecnologia, na conceptualização, produção e no resultado.
Conteúdos programáticos Disciplina projetual com recurso à técnica em contexto e integração dos conteúdos das unidades curriculares complementares.
A disciplina de Projeto II coloca o foco em todas as fases do processo de Design através do desenvolvimento de projeto de Design Industrial.
Fases abordadas: Introdução, orçamentação e planeamento; Pesquisa; Conceptualização; Desenvolvimento de Produto; Experimentação e Mockup; Acabamento; Modelação 3D; Render e Desenho Técnico; Comunicação e Storytelling; Prototipagem e Modelação física, em tamanho real e/ou escala.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Aulas teórico-práticas com orientação do docente, suportadas por conteúdos bibliográficos e estudo de casos, que servem de base para o desenvolvimento do projeto.
Este projeto suporta a discussão sobre o processo de Design e servem de pretexto para a experimentação das suas etapas, incluindo a utilização das ferramentas apropriadas.
Avaliação é contínua e reflete não só a qualidade dos trabalhos apresentados, mas também uma correta conceptualização do desafio. O projeto representa 90% da avaliação. O empenho, o saber trabalhar em equipa, a motivação do estudante e sua presença nas aulas são também fatores de avaliação com um peso de 10%.
O não cumprimento da data limite de entrega dos trabalhos é um fator penalizador.
Bibliografia principal Burdek, B. (1994). Diseño: Historia, teoria y práctica del diseño industrial, Ed. G. Gili: México.
Hanington, B. & Martin, B. (2012) Universal Methods of Design: 100 Ways to Research Complex Problems, Develop Innovative Ideas, and Design Effective Solutions. Rockport
Krippendorff, K. (2006) The semantic turn: a new foundation for design. Published Boca Raton.
Lidwell, W. et al. (2010) Universal Principles of Design, Revised and Updated. Rockport
Lupton, E. (2019) El diseño como storytelling, Editorial Gustavo Gili: Barcelona.
Mau, B. et al. (2004) Massive Change, Phaidon Press.
Milton, A., & Rodgers, P. (2013). Research methods for product design. Laurence King Publishing
Norman, D. (2009). The Design of Future Things. Basic Books.
Thompson, R. (2013) Sustainable Materials, Processes and Production.Thames & Hudson.
Verganti, R. (2009). Design-Driven Innovation: Changing The Rules of Competition By Radically Innovating What Things Mean, Harvard Business Review Press: Massachusetts.
Língua Português
Data da última atualização: 2022-04-06
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.