Conteúdo / Main content
Menu Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Informática Web, Móvel e na Nuvem
  4. Novos Paradigmas de Interface

Novos Paradigmas de Interface

Código 16228
Ano 2
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária PL(30H)/T(30H)
Área Científica Design
Tipo de ensino Presencial.
Estágios Não aplicável.
Objectivos de Aprendizagem Explorar os novos paradigmas de interface: conceitoss e tecnologias; compreender a relação entre interface e interatividade e sua articulação com o sistema nervoso humano; explorar, contextualizar e problematizar o paradigma de interfaces naturais; investigar e desenvolver de forma criativa linguagens de comunicação, narrativas e metáforas para a criação de interfaces naturais; desenvolver uma visão reflexiva sobre a importância das interfaces na humanização das tecnologias; implementar protótipos de interação natural através de projetos práticos.
Conteúdos programáticos Estudo interdisciplinar da interface: conceitos, taxonomias, paradigmas e aplicações; as interfaces naturais: origens, história, impacto social, aspetos lúdicos, valoração crítica e contributos para a interação humano-computador; realidade virtual e realidade aumentada; análise e discussão de projetos interdisciplinares com interfaces multimédia avançadas; design e implementação de modelos/protótipos de interacção/interface integrando de maneira holística os conceitos e tecnologias estudados.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Aulas expositivas com recursos audiovisuais e participação dos estudantes, atividades de pesquisa e investigação, seminários com leitura e discussão de textos, práticas em laboratório, desenvolvimento de projetos (Project based learning), acompanhamento e orientação de projetos.

A avaliação é contínua e é necessária a entrega de todos os trabalhos segundo as datas discutidas com os alunos. Os estudantes devem apresentar uma proposta de projeto (esquema) com imagens, textos, e uma definição clara dos objetivos. Os projetos se apresentarão/entregarão nas datas estipuladas de comum acordo com os estudantes. A nota final será baseada no desenvolvimento, e evolução dos trabalhos (processo 50%) e nos resultados e apresentação dos trabalhos (50%) valorando-se as qualidades estéticas e técnicas de forma equitativa. A não apresentação/entrega de propostas e/ou projetos significa que o aluno desistiu. É necessária uma assiduidade de 75%. Esta UC não tem exame.
Bibliografia principal ACKERMAN, D.: A Natural History of the Senses, Vintage Books, 1990.
BUXTON, B.: Sketching User Experiences: Getting the Design Right and the Right Design (InteractiveTechnologies), Morgan kaufmann, 2007.
GRAU, O. (ed.): MediaArtHistories, The MIT Press, 2007.
GRAU, O.: Virtual Art, from Illusion to Immersion, The MIT Press, 2003.
KRUEGER, M.: Artificial Reality II, Addison-Wesley, 1992.
LAUREL, B. (ed.): Art of Human-Computer Interface Design, Addison-Wesley, 1990.
NORMAN, D.: The Design of Everyday Things: Revised and Expanded Edition, Basic Books, 2013.
MOGGRIDGE, B.: Designing Interactions, The MIT Press, 2007.
SAFFER, D.: Designing for Interaction, New Riders, 2008.
SAFFER, D.: Designing Gestural Interfaces, O’Reilly, 2009.
SOMMERER, C., MIGNONNEAU, L., KING, D. (eds.): Interface Cultures, Artistic Aspect of Interaction, Transcript Verlag, 2008.
WILSON, S.: Information Arts: Intersections of Art, Science, and Technology, The MIT Press, 2002.
Língua Português
Data da última atualização: 2024-03-06
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.