Conteúdo / Main content
Menu Rodapé
  1. Início
  2. Reitoria
  3. Gabinetes e Serviços
  4. Gabinete de Internacionalização e Cooperação
  5. Apoio à Internacionalização
  6. Mobilidade Estudantes Outgoing
  7. Programa Estágios Erasmus +
  8. Estágio de curta duração (alunos de doutoramento)

Estágio de curta duração (alunos de doutoramento)

Para melhor satisfazer as diferentes necessidades de aprendizagem e formação, os doutorandos podem ter períodos de mobilidade física de curta duração no estrangeiro para fins de estágio. O tempo passado numa empresa ou organização/instituição de outro país visa:

  • A aquisição de experiência de trabalho.
  • Ganho de competências importantes no mercado de trabalho.
  • Reforço de saberes culturais, económicos e sociais de outro país.
  • Promoção da cooperação entre instituições de ensino superior e organizações da sociedade civil.

 

Condições

  • São elegíveis os doutorandos – dos 2.º e 3.º anos – que estejam inscritos e matriculados na Universidade da Beira Interior.
  • O estágio deve estar relacionado com a área de estudos do estudante e ser relevante para as suas necessidades de aprendizagem e formação pessoal e profissional.

 

Duração do estágio

  • O estágio tem a duração mínima de 5 dias e máxima de 14 dias.
  • O estudante pode participar em períodos de mobilidade física até um máximo de 12 meses por ciclo de estudos.

 

Possíveis organizações/instituições de estágio

A experiência num centro/instituto de investigação, empresa, laboratório, organização/instituição ou em qualquer outro local de trabalho pertinente no estrangeiro não requer acordo entre partes as envolvidas.

O estágio pode ser realizado em países da União Europeia e países terceiros associados ao programa (República da Macedónia do Norte, Islândia, Liechtenstein, Noruega, Sérvia e Turquia).

Qualquer organização, pública ou privada, ativa no mercado de trabalho ou nas áreas da educação, formação, investigação ou inovação, pode ser local de estágio, cuja procura é responsabilidade do estudante.

 

  • Pequenas, médias e grandes empresas públicas ou privadas
  • Organismos públicos locais, regionais ou nacionais
  • Câmaras de comércio, associações profissionais (ou não) e sindicatos
  • Centros/institutos de investigação
  • Fundações e organizações sem fins lucrativos, associações e ONG
  • Instituições de ensino superior

(Não são permitidos estágios em organismos, inclusive agências especializadas, ligadas à União Europeia. O objetivo é evitar conflitos de interesse e duplo financiamento.)

 

Montante da bolsa

Os alunos podem receber uma bolsa Erasmus+ a título de contribuição para despesas de deslocação e de estadia. O valor da bolsa de mobilidade é atribuído por dias mobilidade. 

Duração

Montante

Até ao 14.º dia de atividade

79 EUR/dia

 

Apoio adicional

  • Caso optem por uma viagem ecológica, os alunos poderão receber uma contribuição única de 50 EUR como complemento à subvenção de apoio individual Erasmus+ da EU.
  • O complemento é pago em conjunto com a subvenção de apoio individual Erasmus+ da EU mediante a entrega dos documentos obrigatórios.
  • A viagem é ecológica quando, e só quando, a maior parte do trajeto viagem de ida e volta – é feita via transporte de baixas emissões, como o autocarro, o automóvel partilhado, o barco ou o comboio.

 

Seguro

Os participantes no Programa Erasmus+ beneficiam de seguro escolar, que cobre danos ocorridos no local e período de estágio, assim como no trajeto casa-local de estágio e vice-versa. O seguro escolar não cobre danos materiais dentro do local e período de estágio.

O seguro de saúde é recomendável. Porém, os participantes podem solicitar o Cartão Europeu de Seguro de Saúde (CESD). Este cartão é gratuito, seja solicitado pela Segurança Social ou por um dos vários subsistemas de saúde, e pode ser pedido online, permitindo-lhes receber assistência médica durante uma estadia temporária:

  • em países da União Europeia
  • na Islândia
  • no Liechtenstein
  • na Noruega
  • na Suíça

Podem pedir o CESD cidadãos portugueses, e brasileiros a quem tenha sido atribuído o estatuto geral de igualdade de direitos e deveres, previsto no Tratado de Porto Seguro de 2000, e que tenha um Cartão de Residência em Portugal dentro do prazo de validade. Para saberem se têm direito ao CESD, os participantes podem consultar a lista de beneficiários. Se já têm o cartão mas precisam de o renovar, podem pedir online a renovação do seu Cartão Europeu de Seguro de Doença.

Os alunos sem cidadania comunitária devem contratar um seguro de saúde.

 

Competências linguísticas

O Programa Erasmus+ para além de oferecer a possibilidade de participar em períodos de mobilidade, contribui também para melhorar as competências linguísticas e apoiar a aprendizagem de línguas. Antes de iniciarem a mobilidade, os participantes que realizem um estágio com duração mínima de 15 dias têm de fazer um teste de avaliação de conhecimentos linguísticos, através do portal EU Academy, na língua de trabalho. Caso os participantes desejem melhorar as suas competências linguísticas podem usufruir de cursos de línguas
gratuitos oferecidos no portal.

 

Reconhecimento académico

O resultado das mobilidades é reconhecido academicamente via Suplemento ao Diploma.

 

Antes da mobilidade

Antes do início do período de mobilidade, os estudantes necessitam de enviar para o Gabinete de Internacionalização um conjunto de documentos:

  • Carta de aceitação

Na carta de aceitação deverão constar: as datas de início e fim de estágio (dia, mês, ano); o nome do estudante; o nome e contacto do orientador de estágio na instituição onde o estudante será acolhido; o nome da organização/instituição onde será realizado o estágio. De forma facultativa, poderão constar também um resumo das atividades a executar durante o estágio. Este documento deve ser assinado e carimbado pelo orientador de estágio.

  • Comprovativo de IBAN (emitido pela instituição bancária)
  • Learning Agreement for Traineeship (LAT)

O LAT é enviado ao participante. Reúne as atividades que serão feitas durante o estágio e a forma como o estudante será orientado e avaliado. É assinado pelo participante, pelo coordenador de mobilidade do ciclo de estudos e pelo orientador de estágio.

  • Grant Agreement

Contrato para pagamento da bolsa de mobilidade. É enviado ao estudante para ser assinado.

 

No fim da mobilidade

Findo o estágio, os participantes deverão enviar, para o Gabinete de Internacionalização e Cooperação, os seguintes documentos:

  • Traineeship Certificate – enviado ao estudante; é preenchido por este e assinado e carimbado pelo orientador(a) de estágio;
  • Relatório final de mobilidade.

Os participantes receberão, um dia após terminarem a mobilidade, na sua caixa de correio eletrónico, um link de acesso à plataforma Beneficiary Module, onde preenchem o relatório final de mobilidade, que deve ser devolvido no prazo de 15 dias.

As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.