Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Pessoas
  3. Paulo Jorge da Silva Almeida

Paulo Jorge da Silva Almeida

Professor/a Catedrático/a

Sector — Cargos/Funções

Faculdade de Ciências Responsável da Faculdade de Ciências

Faculdade de Ciências Presidente da Faculdade de Ciências

CICS - Centro de Investigação em Ciências da Saúde Investigador/a

Departamento de Química Docente do Departamento de Química

Diretor/a do(s) curso(s)

Mais Info

Principais Áreas de Interesse Científico

Cromatografia de Afinidade

Desenvolvimento de moléculas, com destaque para cianinas e outros corantes, e aminoácidos, para serem usados como ligandos em CA. Estes ligandos devem ser simultaneamente reactivos capazes de serem imobilizados em matrizes cromatográficos típicos, como a celulose e agarose, e de bio-reconhecerem proteínas de uma forma selectiva.

Estudos da imobilização de ligandos a matrizes cromatográficos com recurso a métodos adaptados da literatura ou a novos métodos, e caracterização qualititativa e quantitativa dos suportes cromatográficos resultantes. O estudo cromatográficos dos suportes, e desenvolvido em colaboração.

Terapia Fotodinâmica

Desenvolvimento de novos corantes cianínicos, com absorção dentro da chamada janela terapêutica (600-1000 nm), visando a sua potencial utilização como fotossensibilizadores para PDT. Com este objectivo, tem sido desenvolvidos dois grandes grupos de cianinas, ainda não avaliados do ponto de vista de fotossensibilizadores para PDT, nomeadamente cianinas penta- e heptametínicas, simétricas e assimétricas, com quinolinas, indoles, benzoxazoles, benzotiazoles e benzoselenazoles como grupos terminais, incorporando estruturas cíclicas na cadeia metínica tais como anéis de clorociclo-hexano e/ou derivados dos ácidos crocónico e esquarílico. Mais recentemente iniciou-se o desenvolvimento de corantes azo catiónicos com este mesmo objectivo. Apesar da versatilidade sintética dos corantes azo, conferindo-lhes o estatuto de um dos corantes mais usados, a sua aptidão como sensibilizadores para PDT tem sido raramente estudada, sendo a dos corantes azo catiónicos ainda nunca explorada.

Cada um dos novos compostos é estudo do ponto de vista fotoquímico (trabalho em colaboração), com proeminência para a determinação do rendimento quântico do seu estado tripleto e da eficiência da conversão de oxigénio tripleto a oxigénio singuleto. Aos corantes mais promissores, em termos dos rendimentos de oxigénio singuleto, são ainda testadas (trabalho em colaboração) a toxicidade no escuro e a fotoxicidade selectiva dos corantes mais promissores em diferentes culturas celulares comercializadas ou imortalizadas a partir de neoplasias humanas cultivadas in vitro.

Outras Aplicações Funcionais

São ainda objecto de interesse, o desenvolvimento de corantes cianínicos com o objectivo de serem estudadas (trabalho em colaboração) em diferentes aplicações funcionais. São exemplo, o seu uso como reveladores de ADN em géis electroforéticos como alternativa ao uso do brometo de etídio, como sondas fluorescentes para proteínas, e como indicadores visíveis e fluorescentes de pH.

Contactos

pjsaðubi÷pt
275 319761
1451
1500

Data da última atualização: 2017-11-17
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.