Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Cooperação Internacional, Desenvolvimento e Crises Humanitárias

Cooperação Internacional, Desenvolvimento e Crises Humanitárias

Pós-Graduação     Departamento de Sociologia

Ano:
Plano de Estudos   Cooperação Internacional, Desenvolvimento e Crises Humanitárias
ECTS 60
Outras Informações Valor de Propina: 2.100€/210€x10
Número máximo de alunos: 25
Número mínimo de alunos: 10
Modo de funcionamento: Diurno e Noturno (6.ª feira, 15h00 às 20h00; sábados, 09h00 às 14h00)

Regime Geral de Acesso  

Sobre

Objetivos A preparação de profissionais para agirem em ambientes de catástrofe em contexto nacional e internacional, designadamente emergências de saúde pública, desastres naturais e conflitos, bem como o reforço de competências para trabalhar na área do desenvolvimento e cooperação no acolhimento de refugiados e comunidades vulneráveis a nível local e global.
Competências do curso 1 - Identificar vulnerabilidades e riscos, na sociedade atual.
2 - Reforçar competências na área da gestão de crises e desenvolvimento.
3 - Providenciar formação académica de elevada qualidade e competências profissionais para a análise crítica da ação humanitária e desenvolvimento, para o exercício do trabalho nesta área.
4 - Reforçar competências sobre investigação em ciências sociais para a ação humanitária e desenvolvimento.
5 - Compreender a problemática dos refugiados, direitos humanos e dimensões culturais numa perspetiva global e multidimensional.
6 - Conhecer as instituições nacionais e internacionais intervenientes em cenários de emergência e desenvolvimento e respetivos sistemas de coordenação no terreno.
7 - Elaborar e implementar projetos de intervenção suscetíveis de poderem contribuir para a prevenção e/ou resolução das inseguranças ao nível social.
8 - Definir, quantificar e gerir as necessidades e os meios ao dispor no enfrentar das ameaças à segurança.
9 - Favorecer a troca de experiências entre estudantes, especialistas, professores e refugiados residentes em Portugal, de modo a construir um entendimento profundo sobre ação humanitária e deslocação forçada sob um prima multidisciplinar e com recurso a estudos de caso.
10 - Aprender na prática o funcionamento de preparação e resposta às comunidades vítimas de catástrofes, pela aquisição de habilidades ao nível de logística, segurança, comunicação e técnicas de sobrevivência.
11 - Criar uma boa rede de práticas e partilha de experiências ao nível das questões humanitárias e desenvolvimento, promovendo a reflexão sobre as mesmas.



Infra-estruturas Faculdade de Ciências Sociais e Humanas

Departamento de Sociologia

Estrada do Sineiro, 6200-209 Covilhã
275329165
4061

Responsáveis

 [Ficheiro Local]
Diretor/a de Curso
José Carlos Gaspar Venâncio
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais.
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.