Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Estudos Portugueses e Espanhóis
  4. Espanhol B2.2 / C1.1

Espanhol B2.2 / C1.1

Código 12359
Ano 3
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(45H)
Área Científica Línguas Estrangeiras
Tipo de ensino Teórico-prático.
Estágios Não há.
Objectivos de Aprendizagem Atingir o nível B2.2-C1 do QECR tendo em conta dois aspectos concretos:
1) A especificidade do ensino do espanhol a luso-falantes (usuários de uma língua próxima).
2) A formação não só de falantes de espanhol mas também de docentes de espanhol como L2 em Portugal.

Ser capaz de compreender um vasto número de textos extensos e com algum grau de exigência, reconhecendo os seus significados implícitos.
Ser capaz de se exprimir de forma fluente e espontânea sem precisar de procurar muito a expressão adequada.
Utilizar a Iíngua de modo flexível e eficaz para fins sociais, académicos e profissionais.
Produzir textos claros, bem estruturados, e pormenorizados sobre temas complexos, manifestando o domínio de mecanismos de organização, de articulação e de coesão do discurso.
Relacionar-se com falantes nativos com um alto grau de fluência e a naturalidade.
Conteúdos programáticos Os conteúdos requeridos são consequentes com os níveis B2.2-C1 do QECR, tendo em conta as especificidades de formar docentes de espanhol como L2 em um contexto de ensino de línguas próximas (espanhol/português).

1-Conteúdos linguísticos.
1.1.Conteúdos lexicais.
1.2.Conteúdos gramaticais.
1.3.Conteúdos fonológicos.
1.4.Conteúdos ortoépicos.
1.5.Conteúdos ortográficos.
1.6.Conteúdos semânticos.
2-Conteúdos sociolinguísticos.
2.1. Marcadores conversacionais.
2.2. Normas de cortesia.
2.3. Expressões de sabedoria popular.
2.4. Diferenças de registro.
2.5. Diferenças de dialecto e sotaque.
3-Conteúdos pragmáticos.
3.1. Conteúdos discursivos.
3.2. Conteúdos funcionais.
4-Conteúdos estratégicos.
5-Conteúdos sócio-culturais.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Serão propostas actividades variadas adequadas ao nível, abrangendo todas as habilidades linguísticas básicas. Promover-se-á autonomia na aprendizagem e a aquisição de competências estratégicas. As aulas são teórico-práticas e estão baseadas no diálogo permanente entre o docente e os alunos, em exercícios de gramática e vocabulário, sessões de debate ou troca de opiniões/experiências, visionados e audições (músicas, curta-metragens, noticiários, anúncios publicitários…), leitura/redação de textos, etc.
Bibliografia principal 1-R.A.E y Academias Hispanoamericanas de la lengua. Nueva Gramática de la Lengua española (Manual). Espasa-Calpe. Madrid.2010.

-Borrego, J. & Gómez Asencio, J. J. & Prieto, E: Aspectos de Sintaxis del Español. Madrid. Santillana. 2000.

-Gómez Torrego, Leonardo: Gramática Didáctica de Español. Madrid. SM. 2001.

2-Briones, Ana Isabel: Dificultades de la lengua española para hispanohablantes. Nivel Avanzado. Madrid. 2001.

-Fernández, Rafael:Prácticas de Fonética Española para hablantes de Portugués. Madrid. Arco/libros. 1999

-García Santos, J. F: Sintaxis del español. Madrid, Santillana, 1993.

-www.rae.es

-www.wordreference.com

-www.infopedia.pt

-www.cvc.cervantes.es
Língua Português
Data da última atualização: 2021-10-12
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.