Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciência e Engenharia dos Materiais Fibrosos
  4. Metodologias de Investigação e Projeto de Tese

Metodologias de Investigação e Projeto de Tese

Código 13312
Ano 1
Semestre S1
Créditos ECTS 15
Carga Horária OT(30H)/T(15H)
Área Científica Ciência e Engenharia dos Materiais Fibrosos
Tipo de ensino Presencial
Estágios Não se aplica.
Objectivos de Aprendizagem Objectivos: dotar o Doutorando com um conjunto de competência sobre as metodologias de investigação, escrita de texto científico, análise crítica do conhecimento em ciência e engenharia dos materiais fibrosos, capacidade de síntese e de concepção de trabalho experimental.
Descrever os diversos tipos de metodologias de investigação, procedimentos técnicos de recolha e tratamento da informação e de planeamento de experiências;
Descrever as regras da escrita científica, bem como as normas de elaboração de trabalhos científicos;
Analisar criticamente informação científica na área da ciência e engenharia dos materiais fibrosos;
Explorar as interfaces dos materiais fibrosos com a electrónica, a biologia e outras áreas;
Realizar síntese de informação científica complexa na área dos materiais fibrosos e produzir conhecimento científico novo;
Ser capaz de desenhar um plano de trabalho consistente e pertinente.
Ser capaz de apresentar e defender publicamente um plano de trabalho.
Conteúdos programáticos 1. Metodologias de investigação
2. Técnicas de recolha e tratamento de informação
3. Técnicas de planeamento de experiências
4. Discussão de experiências de investigação, análise crítica e síntese de informação num determinado domínio da ciência e engenharia dos materiais
5. Elaboração do plano de tese, incluindo:
• revisão do estado da arte;
• sistematização de ideias: identificação do problema de investigação, hipóteses a testar e relevância do estudo;
• selecção das ferramentas e métodos de investigação a adoptar;
• elaboração do plano de experiências e identificação dos recursos necessários;
• previsão de resultados e metas a atingir;
• elaboração de plano de comunicação do trabalho em encontros e publicações científicas.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação A avaliação tem uma componente teórica (5/20) e uma componente de Trabalho orientado, em que a proposta de plano de Doutoramento, o seu conteúdo, a forma como a apresenta e a sua capacidade argumentativa serão avaliadas, perante um júri (incluindo um elemento externo ao corpo docente), com um peso de 15/20.
Bibliografia principal Principal:
Losee, J. (2001). A historical introduction to the philosophy of science. (4th ed.). New York: Oxford University Press.
Hall, G. M. (2003). How to write a paper. (5th Ed.). London: Wiley-Blackwell.

Complementar
Marques Sá, J. P. (2007). Applied Statistics using SPSS, STATISTICA, MATLAB (2nd ed.). Springer Verlag.
Alley M. (2003). The Craft of Scientific Presentations. ISBN 0-387-95555-0 (free online)
Peat, J. (2002). Scientific Writing: Easy when you know how. London: BMJ Books.
Ashby, M. (2005). How to write a paper. (6th Ed.). Engineering Department, University of Cambridge.

Artigos científicos e outras fontes de informação.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-08-23
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.