Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Arquitetura
  4. Estática e Resistência de Materiais

Estática e Resistência de Materiais

Código 14104
Ano 3
Semestre S1
Créditos ECTS 5
Carga Horária PL(30H)/T(30H)
Área Científica Construção
Objectivos de Aprendizagem Os estudantes devem adquirir noções sobre o funcionamento de sistemas estruturas em termos de equilíbrio de forças, resistência dos materiais e segurança estrutural, criando uma base de conhecimento futuro para a conceção de estruturas como parte do exercício arquitetónico. Esses objetivos concretizam-se através das seguintes competências: a) Capacidade para entender e analisar o equilíbrio de um ponto material e de sistemas estruturais; b) Capacidade para analisar e entender o funcionamento em equilíbrio de sistemas elementares fundamentais, treliças, vigas, pórticos, cabos e arcos; c) Capacidade para entender a aplicar critérios de segurança de elementos estruturais, aplicando-os no seu pré-dimensionamento; d) Capacidade para distinguir diferentes materiais tendo por base a resistência e o comportamento mecânico.
Conteúdos programáticos 1 - Conceito fundamental de força; Conceito fundamental de equilíbrio de forças; Triângulo de forças; Equilíbrio de um ponto material; Relação entre forma e forças; 2 - Conceito fundamental de momento de uma força em relação a um ponto e em relação a um eixo; Conceito de binário de forças; Equilíbrio de binários 3 - Equilíbrio de estruturas planas: Apoios e condições de equilíbrio; Reações de apoio.4 - Elementos estruturais básicos: Equilíbrio; Esforços internos; Vigas de alma cheia; Vigas de alma vazada (treliças); Pórticos; Cabos; Arcos. 4 - Propriedades geométricas das secções planas; 5 - Introdução à Resistência dos Materiais: Conceito de tensão mecânica; Conceito de deformação; Resistência mecânica dos materiais; Critérios de segurança; Pré-dimensionamento de elementos estruturais.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação As metodologias de ensino são compostas de aulas de natureza teórica e aulas de natureza prática-laboratorial. Na componente teórica são apresentados os conteúdos teóricos com uma discussão demonstrativa e justificativa. Na componente prática laboratorial são analisados diversas questões de natureza prática, com resolução acompanhada de problemas. A avaliação é comporta de testes escritos com um peso de 70% da nota final e uma componente na forma de trabalhos práticos individuais com um peso de 30 %.
CF=0.7xT+0.3xTR
T=(T1+T2)/2
T1 - Teste escrito 1;
T2 - Teste escrito 2;
TR - Trabalhos práticos a desenvolver durante as aulas práticas-laboratoriais.
Bibliografia principal - Zalewski, W. & Allen, E., “Shaping Structures – Statics”, John Wiley & Sons, New York, 1998 (ISBN-13: 978-0471169680) - Zalewski, W. & Allen, E., “Form and Forces: Designing Efficient, Expressive Structures”, John Wiley & Sons, New York, 2009 - Beer, F.P.; Johnston Jr, E. R. (2006), “Mecânica Vectorial Para Engenheiros – ESTÁTICA”, 6ª Edição, McGraw-Hill, Lisboa. - Beer, F.P.; Johnston Jr, E. R. (2006), “Mecânica Vectorial Para Engenheiros – Resistência dos Materiais”, 3ª Edição, McGraw-Hill, Lisboa. - Meriam, James L. (1994), “Estática”, LTC Editora, Rio de Janeiro.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-02-01
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.