Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Gestão de Unidades de Saúde
  4. Metodologia da Investigação

Metodologia da Investigação

Código 8956
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária TP(30H)
Área Científica Gestão
Tipo de ensino presencial
Objectivos de Aprendizagem • Proporcionar um conjunto de conceitos, de técnicas e de abordagens, bem como o entendimento das principais questões que se colocam, quer na elaboração da proposta, quer na estruturação e realização do trabalho de investigação conducente à dissertação.
• Fornecer um conhecimento sobre as principais estratégias a adoptar em diferentes paradigmas de investigação na área científica de gestão;

• Adquirir conhecimentos e competências metodológicas e técnicas necessárias à elaboração e à operacionalização de um projecto ou trabalho de investigação;

• Distinguir a tipologia e as abordagens à investigação científica;

• Dar a conhecer algumas técnicas de análise quantitativa e qualitativa de dados aplicáveis em investigações na área científica da gestão;

• Adquirir e operacionalizar os conhecimentos básicos necessários à realização de registos e tratamento da informação obtida.
Conteúdos programáticos 1. CIÊNCIA E CONHECIMENTO CIENTÍFICO
Conceito, objectivos e filosofia da ciência
Método científico

2. TEORIAS COMO PROGRAMAS DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA
Conceito e papel de teoria em relação aos factos
Teoria como programa de investigação científica
Principais teorias na área de gestão e economia

3. TRABALHO DE INVESTIGAÇÃO CIENTÍFICA
Conteúdo e organização
Apresentação, processo e técnicas de redacção

4. FASES NO PROCESSO DE INVESTIGAÇÃO
Definição/enquadramento do problema
Objectivos e questões de investigação
Desenho de investigação

5. ABORDAGENS DE INVESTIGAÇÃO E TÉCNICAS DE ANÁLISE DE DADOS
Alguns procedimentos e técnicas de tratamento e análise de dados
Investigação quantitativa e qualitativa
Bibliografia principal
Bryman, A. e Cramer, D. (1992): "Análise de Dados em Ciências Sociais", Celta Editora, Oeiras.
Evers, J. C. (2011). From the past into the future. How Technological Developments Change Our Ways of Data Collection, Transcription and Analysis. In Forum: Qualitative Social Research, 12(1).
Fassinger, R., & Morrow, S. L. (2013). Toward Best Practices in Quantitative, Qualitative , and Mixed- Method Research?: A Social Justice Perspective. Journal for Social Action in Counseling and Psychology, 5(2), 69–83.
Günther, H. (2006). Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: esta é a questão? Psicologia: Teoria E Pesquisa, 22(2), 201–209.
Hair, Joseph, Robert P Bush e David J. Ortinau, (2002). Marketing Research: Within a Changing Information Environment 2e, McGraw-Hill Education – Europe.
Hair, J., Black, W.C., Babin, B.J. and Anderson, R.E. (2010), Multivariate Data Analysis, 7th ed., Pearson
Prentice Hall,
Lakatos, I. (1980): “Falsification and the Methodology of Scientific Research Programmes”, Cambridge University Press.
Marôco, J. (2014), Ana´lise estati´stica com o SPSS Statistics, 6th ed., ReportNumber, Lda, Peˆro Pinheiro.
Silverman, D. (2000), “Doing Qualitative Research - A Pratical Handbook”, Sage Publications, London.
Yin, R. (2015). Case study research. Newbury Park: Sage.
Língua Português
Data da última atualização: 2020-06-16
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.