Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI em quarto lugar na lista das universidades mais inovadoras

UBI em quarto lugar na lista das universidades mais inovadoras

  27 de janeiro de 2022  

Img:

O Consumer Guidance Institute Portugal avaliou o número de pedidos e registos de patentes para atribuir o Prémio Líderes da Inovação Portugueses.

A Universidade da Beira Interior (UBI) está entre as instituições de Ensino Superior mais inovadoras, de acordo com as conclusões de um estudo desenvolvido pelo Consumer Guidance Institute Portugal (CGIP), referente a 2020/2021. A avaliação foi feita no âmbito do Prémio Líderes da Inovação Portugueses, que classificou a UBI na quarta posição entre as universidades públicas com a pontuação mais alta.

A entrada no TOP-5 coloca a UBI na lista das principais organizações no domínio da inovação, com foco principal na I&D (investigação e desenvolvimento).

De acordo com a representação portuguesa do Consumer Guidance Institute, apenas as entidades com “os melhores resultados estão qualificadas para serem premiadas e para demonstrarem o seu desempenho extraordinário”. As conclusões são retiradas da análise do número de pedidos (e registos) de patentes, “a forma mais ‘crua’ de inovação”, de acordo com o CGIP.

Além da posição de destaque na tabela referente às universidades, a UBI está entre as 20 melhores organizações (em tabelas que incluem empresas, universidades e institutos politécnicos) em quatro categorias: Top 20 Inovadores Classe A – Necessidades Humanas (6.º lugar); Top 20 Inovadores Classe B – Operações de Processamento; Transporte (6.º lugar); Top 20 Inovadores Classe C – Química e Metalurgia (10.º lugar): e Top 20 Inovadores Classe G – Física (15.º lugar).

O Prémio Líderes da Inovação Portugueses foi lançado pelo CGIP para reconhecer e louvar todo o sector de Investigação & Desenvolvimento nacional. É atribuído a organizações que se dedicam a I&D, com o intuito de criar e registar patentes. O Prémio distribui-se em quatro categorias principais: Empresas privadas, Universidades, Politécnicos e Organizações sem fins lucrativos. O estudo deste ano incluiu a análise de 180 empresas e mais de 550 patentes registadas.

Partilhar

Data da última atualização: 2022-01-27
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.