Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Três áreas científicas distinguidas nos rankings setoriais do THE

Três áreas científicas distinguidas nos rankings setoriais do THE

  8 de novembro de 2018  

Img:

Faculdades de Ciências da Saúde e de Ciências estão relacionadas com os três rankings.

A Universidade da Beira Interior (UBI) volta a estar em destaque nos rankings setoriais do Times Higher Education (THE). A academia é colocada entre as melhores do mundo nos resultados divulgados esta quarta-feira, em três listagens, surgindo em duas delas pela primeira vez. São elas THE Life Sciences Subject Ranking (Ciências da Vida), onde surge no nível 601+, e no THE Physical Sciences Subject Ranking, referente à área da Física, que entra para a posição 601–800. Além das novas entradas a qualidade de ensino e investigação analisadas no THE Pre-clinical, Clinical & Health Subject Ranking (Pré-Clínica, Clínica e Saúde) é reafirmada com a presença, pelo segundo ano consecutivo, no estudo do THE, desta vez no patamar 501-600.
 
Estas áreas são desenvolvidas na Faculdade de Ciências da Saúde (FCS) e na Faculdade de Ciências (FC), que acompanham assim o reconhecimento que a UBI tem obtido em prestigiados rankings internacionais, em especial no THE.
     
“A FCS manifesta a sua satisfação pelo reconhecimento como uma das melhores do Mundo na área das Ciências da Saúde”, salienta Miguel Castelo Branco, presidente da FCS, que repete a presença no THE, através do Pre-clinical, Clinical & Health Subject Ranking e com ligação a THE Life Sciences Subject Ranking. “Tal só foi conseguido na nossa Universidade pela existência dum projeto bem definido e dirigido e com visão, docentes, investigadores, outros profissionais e alunos exigentes e empenhados no desenvolvimento dum processo de melhoria contínua da qualidade com padrões de elevada exigência”, acrescenta.
 
Já Paulo Almeida, presidente da Faculdade de Ciências, vê a referência a “Life Sciences” e “Physical Sciences” como o “reconhecimento do trabalho desenvolvido por todos os docentes, investigadores e estudantes da Faculdade de Ciências que, diariamente, desenvolvem as suas ideias nos laboratórios de Investigação”. Mas mais do que um “reconhecimento merecido”, salienta, “são um estímulo para que, nos próximos anos, a posição da UBI se aproxime mais do topo”.

O presidente da Faculdade de Ciências entende ainda que o estatuto alcançado é “também uma indicação clara de que as Unidades de Investigação da UBI, atualmente em avaliação, são merecedoras de uma avaliação mais meritória e que abrirá e proporcionará a sua excelência, da UBI e das Faculdades que a integram”.
 
Os resultados divulgados esta semana mantêm a academia num patamar de sucesso internacional, depois de, em outubro, o THE ter divulgado que, na área Business & Economics Subject Ranking, a UBI se encontra entre as 400 melhores do mundo (está listada no patamar 301-400) e no THE Social Sciences Subject Ranking atingiu o nível 501-600.
 
Para os rankings de 2019, foram analisadas 1.258 instituições de Ensino Superior de todo o mundo, em cinco grandes categorias: Ensino, Investigação, Citações, Transferência de Conhecimento e Internacionalização.

Partilhar

Data da última atualização: 2018-11-08
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.