Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI em projetos de intervenção nos bairros municipais da Covilhã

UBI em projetos de intervenção nos bairros municipais da Covilhã

  27 de maio de 2021  

Img:

A UBI é parceira de entidades locais no desenvolvimento de projetos aprovados pelo programa nacional Bairros Saudáveis.

O Curso de Mestrado Integrado em Arquitetura da Universidade da Beira Interior (UBI) está envolvido em projetos de qualificação de espaços públicos em territórios vulneráveis na Covilhã.

Serão desenvolvidas intervenções no âmbito de duas candidaturas, recentemente aprovadas, ao programa nacional Bairros Saudáveis (https://www.bairrossaudaveis.gov.pt), em parceria com a Beira Serra Associação de Desenvolvimento.

A primeira intervenção - de menor escala -, o projeto “Pátio dos 80”, decorrerá na freguesia da Boidobra, no bairro dos 80 fogos, o primeiro bairro de habitação municipal construído nesta freguesia, em 1990.

Trata-se de um projeto colaborativo, em conjunto com moradores, Junta de Freguesia da Boidobra e Câmara Municipal da Covilhã, que visa a qualificação do espaço público, através de uma intervenção num espaço vazio entre empenas. As obras de qualificação do espaço partiram de ideias de estudantes do 2º ano de arquitetura da UBI, no âmbito de um exercício académico “Pensar o vazio. Intervenção na Boidobra”, em 2018.

A segunda intervenção - de maior escala -, o projeto “Pontes”, vai decorrer na freguesia do Teixoso, na Urbanização das Nogueiras, um bairro de habitação municipal construído em 2002.

Neste caso, o projeto tem como base uma parceria entre o Agrupamento de Centros de Saúde da Cova da Beira, o município da Covilhã, a União de Freguesias do Teixoso e Sarzedo e um representante dos residentes do bairro.

No âmbito arquitetónico, as ações a levar a efeito consistem no projeto de um conjunto de pequenos equipamentos, tais como um forno de pão, um centro de animação comunitário e jardins em canteiros elevados.

Para tal, os estudantes irão trabalhar desde a fase de projeto (a desenvolver em contexto de aula) à construção (em contexto de workshops de construção no local). Pretende-se envolver e beneficiar as 160 famílias residentes e também acolher não residentes, transformando zonas comuns votadas ao abandono em locais acolhedores e seguros que permitam a dinamização de atividades várias.

As duas iniciativas são coordenadas na UBI pela equipa de 2º ano de Projeto do MIA, constituída pelos docentes Rita Ochoa, Miriam Ruiz Iñigo e Pedro Isaac Brandão.

O programa Bairros Saudáveis é um programa público, de natureza participativa, para melhoria das condições de saúde, bem-estar e qualidade de vida em territórios vulneráveis, no atual contexto de pandemia, e onde são propostas pequenas intervenções, através do apoio a projetos apresentados por associações, coletividades, organizações não governamentais, movimentos cívicos e organizações de moradores, em articulação com autarquias, autoridades de saúde ou demais entidades públicas.

Mais informação 
Sobre o programa Bairros Saudáveis https://www.bairrossaudaveis.gov.pt/

Partilhar

Data da última atualização: 2021-05-27
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.