Conteúdo / Main content
Menu Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Computação Criativa e Realidade Virtual

Computação Criativa e Realidade Virtual

1º Ciclo     Departamento de Informática

Informações Acesso Sobre Contactos Responsáveis Comissões
Ano:
Plano Nome
Plano de Estudos   Computação Criativa e Realidade Virtual

Informação

Rótulo Texto
Código DGES
L331  
Área CNAEF 523
Publicação em Diário da República Despacho n.º 1185/2024
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES, 2023-10-12
Relatório de Autoavaliação
Registo DGES
ECTS 180
Outras Informações Valor de Propina: Nacionais 697€ / Internacionais 5000€ (Formas e Prazos de Pagamento)
Rótulo Texto

Concurso Nacional de Acesso  

Rótulo Texto
Provas de Ingresso

Uma das seguintes provas:
03 Desenho
10 Geometria Descritiva
16 Matemática

Vagas 30 (2024)
Nota Mínima (0-200) Provas de ingresso: 95
Nota de Candidatura: 100
Cálculo da Nota de Acesso Média do ensino secundário: 65%
Provas de ingresso: 35%

Sobre

Rótulo Texto
Objetivos Gerais O objetivo maior (a missão) do curso é formar licenciados com um perfil esculpido na interseção entre a criatividade e as ciências e tecnologias da computação.

Pretende-se, pois, qualificar recursos humanos ao nível de licenciatura com uma formação sólida e abrangente em Computação Criativa que lhes permita dar resposta não só às necessidades das empresas e de outras organizações, mas também aos problemas de natureza multidisciplinar que apelam ao trabalho em equipa e à confluência dos domínios da computação, do design, da arte e, eventualmente, de outras áreas criativas do conhecimento.

Os licenciados em Computação Criativa e Realidade Virtual estarão preparados para enfrentar os grandes desafios contemporâneos colocados pela emergência revolucionária da inteligência artificial e da realidade virtual em todas as áreas do saber, tendo sempre presentes as implicações sociais, económicas, éticas e legais que resultam do uso das ciências e tecnologias da computação.
Competências No final do curso, os licenciados em Computação Criativa e Realidade Virtual estarão dotados de um conjunto aberto e multivariado de conhecimentos no domínio da computação, que lhes permitirão resolver problemas de natureza criativa e tecnológica e que exijam sentido crítico e capacidades de análise e de síntese.

Em concreto, os licenciados em Computação Criativa e Realidade Virtual (CCRV) possuirão um leque vasto de competências e capacidades, nomeadamente:
- Interfaces humanas com o computador. A interação humana com o computador está no centro da transformação digital. Esta licenciatura fornece as competências necessárias para planear, projetar e programar essas interfaces e permite combinar o conhecimento técnico de programação com a experiência criativa em design de interfaces com o utilizador, design de jogos, tecnologias web, programação móvel e realidade virtual e aumentada.
- Design e desenvolvimento de jogos digitais. A indústria dos jogos digitais é uma das mais lucrativas a nível internacional. Este curso proporciona aos seus licenciados as competências e os conhecimentos necessários para desenhar e desenvolver jogos digitais, quer a nível criativo quer a nível tecnológico, incluindo fundamentos do design e do design de interação, boas práticas da programação multi-propósito, programação gráfica e renderização 3D, comunicações em redes de computadores, inteligência artificial e interação humana com o computador.
- Realidade virtual e aumentada (RV/RA). O rápido crescimento no desenvolvimento de aplicações comerciais para realidade estendida (XR) tem levado empresas de todos os setores a procurar designers, programadores e engenheiros com competências em RV/RA/XR. Prevê-se que o mercado de XR a nível global atinja os 400000 milhões de dólares em 2025. Um dos propósitos do curso de CCRV é dotar os seus licenciados com competências criativas e tecnológicas em XR para fazer face às necessidades da indústria e da sociedade em geral, nomeadamente: modelação 3D, iluminação e renderização 3D, animação computacional, captura de movimento, composição digital, bem como programação holográfica em óculos de realidade aumentada.
- Inteligência artificial generativa (IAG). A inteligência artificial generativa é uma das alavancas da transformação digital. O curso de CCRV tem por objetivo dotar os seus licenciados com competências na aplicação da IAG a vários domínios do conhecimento, incluindo arte, biologia, gestão, engenharia e negócios. Para isso, os licenciados deverão ser capazes de ter um conhecimento profundo da IAG, do seu impacto na produtividade e na automatização dos fluxos organizacionais, na pesquisa de dados, bem como os riscos e as questões éticas subjacentes à utilização de inteligência artificial em empresas e outras organizações.

Refira-se ainda que os licenciados em Computação Criativa e Realidade Virtual ficam capacitados a ingressar num segundo ciclo de estudos em Computação, em Design, ou área afim.
Saídas Profissionais Estas competências e capacidades são muito procuradas, para não dizer urgentes, na indústria. Dado o carácter multidisciplinar do curso, os licenciados em Computação Criativa e Realidade Virtual encontrarão oportunidades de carreira em diversas áreas do conhecimento, incluindo:
- Desenvolvimento web e aplicações;
- Experiência digital interativa;
- Desenvolvimento de produtos inteligentes;
- Internet das coisas;
- Desenvolvimento e design de jogos digitais;
- Visualização de fenómenos naturais e alterações climáticas;
- Desenvolvimento de sistemas de realidade virtual e realidade aumentada (e.g., cirurgia médica).

Antevê-se que os licenciados em Computação Criativa e Realidade Virtual venham a desenvolver vários perfis profissionais, entre os quais se contam os seguintes:
- Programador/tecnólogo criativo;
- Programador/engenheiro de software;
- Designer de aplicações móveis;
- Programador de aplicações móveis;
- Designer de aplicações web;
- Programador de aplicações web;
- Designer multimédia;
- Artista digital;
- Artista 3D;
- Designer de interfaces com o utilizador;
- Designer de experiência com o utilizador (UX);
- Designer de jogos digitais;
- Programador de jogos digitais;
- Designer XR;
- Programador XR;
- Programador de IA;
- Investigador em computação criativa;
- Professor em computação criativa;
- Empresário da indústria criativa.

Relativamente às principais empresas empregadoras, diria que o perfil destes licenciados é transversal a todos os setores de atividade, com destaque para as seguintes:
- Indústrias criativas (em geral);
- Indústria cinematográfica, a de animação em particular;
- Indústria de jogos digitais;
- Indústria da realidade virtual;
- Indústria de instrumentação médica;
- Indústria aeronáutica;
- Indústria automóvel;
- Indústria naval;
- Indústria de armamento;
- Indústria de formação profissional baseada em simuladores;
- Indústria farmacêutica.
Infraestruturas - Laboratório da Tecnologia da Linguagem Humana (LABTECH), Departamento de Informática.
- Cinubiteca, Centro de Recursos de Ensino e Aprendizagem (CREA). Sala de cinema para visionamento e discussão de filmes.
- Laboratórios de Multimédia, Departamento de Artes. Estes laboratórios destinam-se à produção e reprodução de obras multimédia.
- Ateliê de Design Gráfico, Departamento de Artes. Este espaço destina-se à edição de som e imagem, acesso à Internet e impressão de grandes formatos.
- Creative Lab, Departamento de Informática e Departamento de Artes. Este espaço destina-se ao design e desenvolvimento de atividades e projetos criativos.
- Media Lab, Departamento de Informática. Este laboratório dedica-se à investigação e ao desenvolvimento em computação gráfica e realidade virtual.
Todos os laboratórios estão equipados com material especializado e genérico, incluindo desktops, laptops, PDAs, impressoras, óculos de RV/RA, mesas táteis e digitalizadoras.

Departamento de Informática

Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã
275 242 081
1601
275 319 899

Responsáveis

Foto Nome
Imagem d@ Abel João Padrão Gomes  [Ficheiro Local]
Diretor/a de Curso
Abel João Padrão Gomes
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2024-02-02
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.