Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Sociologia

Sociologia

1º Ciclo     Departamento de Sociologia

Plano de Estudos/Ramos   Sociologia
Código DGES
9240  
Área CNAEF 312 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Despacho n.º 10586/2017 - DR 2.ª série, n.º 233, 5 dezembro
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Ef 1316/2011, 18-03-2011
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 180
Outras Informações Informação estatística

Concurso Nacional de Acesso  

Provas de Ingresso Uma das seguintes provas:
11 História;
13 Inglês;
18 Português.
Vagas 36 (2017)
Nota Mínima (0-200) Provas de ingresso: 95
Candidatura: 100
Nota do Último Colocado 114,5
Cálculo da Nota de Acesso Média do ensino secundário: 65%
Provas de ingresso: 35%
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais Com o presente curso pretende-se uma formação de banda larga com os seguintes objectivos:

- Proporcionar um corte com as percepções de senso comum, estimular o espírito crítico e o desenvolvimento de uma perspectiva sociológica dos fenómenos sociais;
- Desenvolver capacidades na pesquisa bibliográfica e na condução de processos de investigação científica na área da sociologia;
- Desenvolver capacidades de interpretação crítica das diferentes teorias sociológicas e da sua relação com os processos de mudança social;
- Facultar os instrumentos técnicos e metodológicos que permitam uma abordagem científica dos fenómenos sociais;
- Providenciar conhecimentos e competências que facilitem o desempenho profissional e investigacional na área da sociologia, no sector público, privado ou associativo.
- Preparar os estudantes com conhecimentos e competências transferíveis, numa lógica de reflexividade do conhecimento
- Contribuir para o desenvolvimento pessoal e social dos estudantes
Competências No final do curso os estudantes deverão ser capazes de:
- Reconhecer e interpretar criticamente as diferentes teorias sociológicas, assim como a sua aplicabilidade na interpretação de fenómenos sociais concretos;
- Desenvolver de um modo autónomo a sua própria aprendizagem ao longo da vida;
- Aplicar adequadamente os métodos e técnicas de investigação na análise e interpretação de fenómenos sociais concretos;
- Comunicar e transmitir os conhecimentos obtidos para audiências especializadas e/ou não especializadas;
- Avaliar criticamente argumentações e decisões à luz dos conhecimentos teóricos e metodológicos obtidos ao longo do ciclo de estudos;
- Evidenciar capacidades de relacionamento interpessoal, em particular competências de trabalho em equipa;
- demostrar capacidades para formular de um modo teórico e metodologicamente sustentado os termos de uma pesquisa;
- Demonstrar consciência crítica e cidadã, que proporcione uma participação social e política mais esclarecida;
- Estruturar e organizar trabalhos de pesquisa e de síntese;
- Compreender e demonstrar a ligação entre aspectos micro e macro, evitando posicionamentos dualistas ou deterministas;
- Compreender e demonstrar a relação entre teoria e prática;
- Reconhecer a multidimensionalidade dos fenómenos sociais e a importância da interdisciplinaridade na sua análise;
- Revelar um comportamento inovador na interpretação dos fenómenos sociais e na intervenção em situações sociais concretas;
- Demonstrar capacidade para agir em situações imprevistas ou não definidas, revelando capacidades para antecipar a mudança;
- Evidenciar capacidades de argumentação, de interpretação e exposição de ideias e argumentos;
- Demonstrar um pensamento critico, reflexivo e analítico;
- Revelar capacidade na adequação de metodologias e técnicas em função das características do objeto de estudo e das características da pesquisa;
Saídas Profissionais As saídas profissionais dos estudantes de sociologia são diferenciadas e recobrem um conjunto alargado de possibilidades, a saber:
- Empresas e organizações: formação profissional; organização e dinamização de equipas; gestão de recursos humanos; implementação de estudos de mercado; implementação e gestão de sistemas de qualidade; planeamento estratégico; implementação e gestão de processos de comunicação interna e externa;
- Administração Pública central e regional: aconselhamento em processos de implementação de políticas sociais; acompanhamento de estratégias de inclusão social e de luta contra a pobreza e exclusão social; em organizações onde seja posta em prática a implementação de políticas sociais, tais como hospitais, Centros de Saúde, escolas, agrupamentos escolares, Universidades; Centros de Emprego, entre outras.
- Autarquias e desenvolvimento local/regional: apoiando a implementação de políticas sociais de base local em áreas como a acção social, o planeamento e reabilitação urbana, a animação e programação cultural, a proteção civil, assim como a promoção da participação e da a comunicação entre a autarquia e os munícipes. Integrando equipas de promoção do desenvolvimento local/regional, avaliando potencialidades e limitações, quer ao nível da autarquia quanto de associações de base local/regional;
- Cultura e patriomónio - integrando equipas de promoção do património e da cultura local, regional ou nacional, levantamento de potencialidades turísticas locais ou regionais e implementação de estratégias de divulgação e de comunicação interna e externa para a sua promoção.
- Terceiro Setor - integrando equipas em instituições de solidariedade social (IPSS, ONG's, etc), em áreas como a o apoio à infância, a deficiência, a juventude ou a terceira idade;
- Ensino e investigação: ensino e formação profissional; participação em projetos de investigação; trabalho de campo em projetos de investigação; sondagens, estudos de opinião e de mercado; produção e análise de dados estatísticos; análise bibliográfica; preparação e redação de relatórios de investigação; formação profissional de equipas de investigação.
Infraestruturas Os alunos dispõem da Biblioteca Central e da Biblioteca da Unidade de CSH, e de um Centro de Documentação Europeia.
Recursos Online disponibilizados pelos serviços de Documentação da UBI: Bases de Dados (Soc_index e b-on); revistas electrónicas, nomeadamente da Oxford University Press, Elsevier, Taylor & Francis, Springer, ISI Proceedings, ABI/INFORM, PROQUEST, também em papel; links para as várias áreas de investigação; serviço de difusão de informação, tais como newsletters e o boletim bibliográfico dos SD/UBI.
Centros informáticos: laboratório de informática na Unidade de CSH, salas de aula e outros espaços dispondo de terminais e PC com ligação em rede interna e à rede web. Todos os pólos da UBI dispõem de rede wireless.
e-Conteúdos: a UBI dispõe de uma plataforma digital (Moodle) que permite a interacção à distância de docentes-alunos e alunos-alunos, onde são disponibilizados materiais didácticos de apoio ao funcionamento das UC, fóruns de discussão e outras actividades.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI

Departamento de Sociologia

Estrada do Sineiro, 6200-209 Covilhã
275329165
4120

Responsáveis

Diretor/a de Curso
Nuno Miguel Cavaca Augusto
Coordenador de Mobilidade
Nuno Miguel Cavaca Augusto

Comissões

Comissão Científica
Nuno Miguel Cavaca Augusto
Amélia Maria Cavaca Augusto
Maria Johanna Christina Schouten
Catarina Sales Barbas de Oliveira

Comissão de Coordenação Pedagógica
Catarina Sales Barbas de Oliveira
Coordenadores Ano
Amélia Maria Cavaca Augusto (1º)
Nuno Miguel Cavaca Augusto (2º)
Catarina Sales Barbas de Oliveira (3º)
Delegados Ano
Joana Patrícia da Costa Miguel (1º)
Graça Maria Oliveira Magalhães (2º)
Merodaque Euclides Paulo Quissanga (3º)

Comissão de Creditação
Nuno Miguel Cavaca Augusto
Catarina Sales Barbas de Oliveira
Maria Johanna Christina Schouten
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.