Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Alunos de Design Multimedia aprendem técnicas inovadoras de Video Mapping

Alunos de Design Multimedia aprendem técnicas inovadoras de Video Mapping

  16 de dezembro de 2019  

Img:

Os estudantes produziram dois projetos que vão ser exibidos na quarta e quinta-feira, no CREA. São o resultado de uma formação que contou com o apoio de empresas da área.

Os estudantes de Mestrado em Design Multimedia tiveram oportunidade de criar projetos com uma técnica de comunicação multimédia em uso crescente: Video Mapping. O “Workshop I: Projeções Multimedia e Video Mapping” faz parte das atividades do plano curricular do primeiro ano do curso de 2.º Ciclo e teve o apoio da empresa GarageCube, que desenvolve o MadMapper, um software avançado para trabalhos nesta área, bem como o Modul8, um software para real-time video performance”.

O resultado destes dias de trabalho será exibido no CREA (junto à Parada), no dia 18 de dezembro (quarta-feira), entre as 15h00 e as 17h00 e, no dia seguinte, das 10h00 às 17h00.

Com a duração de cinco dias (decorreu entre os dias 6 e 11 de dezembro), teve a participação de 18 alunos do Mestrado de Design Multimedia e uma estudante do Doutoramento em Media Artes, também da UBI. Pablo Ferrer, diretor criativo da Mapping e docente da Escola de Imagem e Som, de Vigo, foi o principal formador de um curso que permitiu aprender técnicas e conceitos de Video Mapping e usar as ferramentas informáticas mais adequadas a estas produções.

“Temos a vantagem de nos serem cedidas gratuitamente as licenças por parte da empresa que produz o MadMapper, desde a primeira edição deste workshop. Isto é muito benéfico porque os estudantes aprendem a utilizar o software e ficam com o conhecimento para o utilizarem na sua atividade profissional. A empresa tem gostado da qualidade final dos trabalhos e, por isso, todos os anos colabora connosco”, salienta Águeda Simó, responsável pela Unidade Curricular Workshop.

A atividade proporciona uma experiência aos estudantes para que aprendam a aplicação de novas tecnologias no design multimédia, adquirindo conhecimentos inovadores para produção videográfica, que está a ser progressivamente mais utilizada tanto na arte, como no marketing e na publicidade, ainda de acordo com a docente da Faculdade de Artes e Letras.

“Neste momento, graças ao que aprendem aqui, são pioneiros em técnicas que já se usam em lojas ou zonas comerciais, além de espetáculos culturais. Há um espaço para este tipo de publicidade e marketing e isto dá-lhes uma grande vantagem no mercado laboral”, acrescenta Águeda Simó.

“São pioneiros os alunos e esta Universidade”, sublinha, por sua vez, Pablo Ferrer: “São poucas as universidades que eu conheço que dediquem um espaço específico a esta técnica, com uma carga tão prática como acontece neste workshop”. O especialista em Video Mapping considera que o Video Mapping é alternativa muito válida relativamente a outras formas de comunicação, nomeadamente, a projeção mais convencional do vídeo: “É uma forma de expressão artística e um meio que gera atenção nos utilizadores maior do que aquilo que está a acontecer com os ecrãs tradicionais, para os quais muitas pessoas já não olham, pela saturação que se regista no dia a dia”.

Durante o Workshop os estudantes da UBI produziram um vídeo para projeção em cubos, diferente da projeção em fachadas, uma forma mais comum de apresentação de conteúdos, através de Video Mapping.

Mais informação
Garage Cube 

 

Partilhar

Data da última atualização: 2019-12-16
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.