Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Florbela Costa: da UBI para a exploração de Marte

Florbela Costa: da UBI para a exploração de Marte

  25 de fevereiro de 2021  

Img:

A Engenheira Aeronáutica diplomada pela UBI esteve envolvida na preparação de motores que acompanham o helicóptero “Ingenuity”, que faz parte da missão da NASA a Marte.

O Mestrado Integrado em Engenharia Aeronáutica foi uma das rampas de lançamento de Florbela Costa, que agora trilha um percurso profissional ligado ao desafio da exploração espacial. Aluna da UBI entre 2006 e 2011, integra a empresa suíça Maxon Group e foi a gestora técnica responsável pela preparação dos motores que fazem parte do helicóptero “Ingenuity”, um dos equipamentos que acompanha o robô da NASA “Perseverance”, que aterrou em Marte na última semana.

Este dispositivo é o primeiro helicóptero que o homem envia para o “planeta vermelho” e a sua construção representou “enormes desafios tecnológicos”, salienta Florbela Costa, relacionados com “as condições ambientais de Marte e do transporte em si”. “Os seis DC motores desenvolvidos pela Maxon, para controlar o movimento das pás do rotor, têm de ser muito robustos, para poderem aguentar as vibrações criadas durante a descolagem e aterragem e ainda a grande variação de temperatura existente no planeta”, refere, acrescentando que “uma vez que o helicóptero tem apenas cerca de 2 kg, os motores também precisam de ser eficientes e ter um peso extremamente baixo”.

O “Ingenuity” vai separar-se do “Perseverance” em março a sua missão poderá resultar em importantes conhecimentos a serem aplicados no futuro. Se a tecnologia que o helicóptero pretende demonstrar for bem-sucedida, é muito provável que as próximas missões contenham helicópteros para ajudar os “rover” na exploração espacial, “por exemplo, para indicar ao “rover” qual o melhor caminho a seguir ou para fotografar o planeta”, explica a Engenheira Aeronáutica.

Florbela Costa, que no futuro gostaria de continuar a desenvolver projetos na área espacial, lembra o passado da UBI preenchido com os bons conhecimentos científicos e memórias pessoais. “Na minha opinião, a UBI prepara muitíssimo bem os seus alunos. Isto é comprovado pelo facto de vários dos meus colegas de turma trabalharem em projetos fascinantes e extremamente complexos”, refere, concluindo: “A camaradagem e o espírito de família que senti na Covilhã e, em específico, nos membros de Engenharia Aeronáutica, é sem dúvida a melhor memória que trago comigo”.

Partilhar

Data da última atualização: 2021-02-25
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.