Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. BSAFE LAB da UBI em projeto de I&D para desenvolver sistema “inteligente de gestão de ofensores”

BSAFE LAB da UBI em projeto de I&D para desenvolver sistema “inteligente de gestão de ofensores”

  6 de maio de 2021  

Img:

HORUS 360iOMS, aprovado no âmbito do Portugal 2020, representa um investimento público e privado de cerca de 1,7 milhões de euros.

O BSAFE LAB da Universidade da Beira Interior é parceiro do consórcio que vai desenvolver o projeto de I&D HORUS 360iOMS, liderado pela IPS Innovative Prison Systems e que inclui ainda a iTech-On. Pretende-se desenvolver um sistema “inteligente de gestão de ofensores” com recurso a uma forte componente de investigação industrial na área da inteligência artificial, num investimento público e privado de cerca de 1,7 milhões de euros.

As atividades de investigação e desenvolvimento serão operacionalizadas em iteração e asseguradas por uma equipa multidisciplinar de representantes das várias entidades que constituem o consórcio, que inclui cientistas em ciências da computação, sistemas de suporte à decisão, inteligência artificial, políticas públicas e governança digital, psicologia forense, penologia, e cibersegurança, assim como especialistas mundialmente reconhecidos na área da reforma de sistemas penitenciários (um pós-doutorado, seis doutorados, dois doutorandos, onze mestres, dois mestrandos e oito licenciados).

Na equipa de investigadores da UBI estarão envolvidos os Professores Nuno Pombo, Nuno Garcia, Graça Esgalhado, Henrique Pereira, e Vítor Costa, bem como quatro bolseiros de investigação.

O sistema de gestão de ofensores (OMS - Offender Management System) define a plataforma de gestão informática usada por administrações penitenciárias e de reinserção social, por vezes partilhado com profissionais de outras instituições que compõem o sistema de justiça criminal (por exemplo os juízes e juízes de execução de penas) para recolher, armazenar, analisar, recuperar e disponibilizar dados, informação e conhecimento sobre os ofensores que são necessários para a tomada de decisões sobre os seus casos durante o cumprimento de pena, em contexto prisional ou de cumprimento de pena na comunidade.

A solução a desenvolver - designada de HORUS 360ºiOMS intelligent Offender Management System - terá um conjunto de características funcionais inovadoras que tornarão possível a imprescindível integração e agilidade do sistema de informação nevrálgico das administrações penitenciárias. O projeto estimula desde o início a participação ativa das administrações públicas de vários países com os quais a IPS Innovative Prison Systems tem desenvolvido projetos na área da justiça criminal e reforma penitenciária ao longo da última década, contando assim com o apoio de 11 países (secretarias de estado da Justiça, administrações penitenciárias e de reinserção social), sindicatos do sector penitenciário, associações científicas e sectoriais internacionais, uma organização multilateral financiadora de projetos de reforma penitenciária e um parceiro tecnológico com presença em 700 prisões de 21 países.

Mais informação
Entidades do Consórcio

Partilhar

Data da última atualização: 2021-05-06
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.