Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI integra CONNECT5 classificado como Polo de Inovação Digital

UBI integra CONNECT5 classificado como Polo de Inovação Digital

  16 de julho de 2021  

Img:

A estrutura composta por 12 entidades especializadas nas áreas das tecnologias da informação, comunicação e eletrónica vai ser candidata à Rede Europeia.

O Pólo de Inovação Digital – CONNECT5 foi reconhecido como Polo de Inovação Digital para integração na Rede Nacional e é candidato à Rede Europeia. A estrutura que tem a participação da Universidade da Beira Interior (UBI) vai agora entrar num concurso específico no âmbito do Programa Europa Digital, a abrir pela Comissão Europeia. Na UBI, estão envolvidos os docentes e investigadores do Departamento de Engenharia Eletromecânica José Páscoa, em modelação multifísica computacional, António Espírito Santo, em sensores, e Fernando Santos, na fábrica digital.
 
O CONNECT5 apresenta a área da conetividade como foco e é composto por 12 entidades especializadas nas áreas das tecnologias da informação, comunicação e eletrónica. Fazem parte o cluster TICE.PT, os centros de interface CeiiA e Instituto de Telecomunicações, o Colab DTx e as instituições de Ensino Superior Universidade de Aveiro, UBI, Universidade de Coimbra, Universidade de Minho, Universidade de Porto, Instituto Politécnico do Porto, Instituto Politécnico de Viseu e o Politécnico de Leiria.
 
O reconhecimento do CONNECT5 como Pólo de Inovação Digital teve lugar no dia 25 de junho.
 
O CONNECT5 é composto por alguns dos principais atores nas áreas das tecnologias de informação, comunicação e eletrónica (TICE) a nível nacional, reunindo um conjunto relevante de infraestruturas, conhecimentos técnico-científicos e ligações a um vasto número de empresas do setor, acrescidos de associações empresariais de referência. Esse conjunto irá permitir aprofundar e transmitir know-how ao nível da transformação digital das PME e administração pública, alavancados nas tecnologias digitais, nomeadamente no 5G, Cloud, IoT, BigData/analítica e sistemas ciberfísicos e suportados em áreas de conhecimento como a Inteligência Artificial (IA), a Computação de Alto Desempenho e a Cibersegurança.
 
O acelerar da transformação digital das PMEs e da administração pública contará com a contribuição para a sua competitividade. Em particular esta transformação digital será potenciada, entre outros, através da implementação de sistemas ciberfísicos, capazes de serem interligados por redes que suportam a massificação expectável destes sistemas, como é o caso do 5G, apoiados por tecnologia avançada de Inteligência Artificial, computação de alto desempenho e sistemas cloud.
 
O CONNECT5 apresenta-se como fundamental para o avanço significativo de um vasto conjunto extenso de entidades, face à atual realidade empresarial, ao representar um marco na futura dinamização de negócios, desenvolvimento de novas soluções e agilização de processos.
 
Os Polos de Inovação Digital são redes colaborativas que incluem centros de competências digitais específicas, com o objetivo de disseminação e adoção das tecnologias digitais por parte das empresas e da administração pública, contribuindo para o aumento da competitividade dos seus processos, produtos e serviços.
 
A rede de Polos de Inovação Digital reconhecidos estará interligada com a Rede Europeia de Digital Innovation Hubs, a dinamizar pela Comissão Europeia, no âmbito dos programas-quadro europeus para 2021 -2027.
 
A estratégia operacional do CONNECT5 possibilita a transferência de competências fundamentais à expansão e transformação digital dos clientes alvo dos serviços do CONNECT5, bem como a criação e reforço de cadeias de valor na UE, essenciais à competitividade e coesão social a nível nacional e europeu.

Mais informação
Connect5 

Partilhar

Data da última atualização: 2021-07-16
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.