Conteúdo / Main content
Menu Rodapé
  1. Início
  2. GeoBioTec@UBI - Geobiosciences, Geoengineering and Geotechnologies at Universidade da Beira Interior

GeoBioTec@UBI - Geobiosciences, Geoengineering and Geotechnologies at Universidade da Beira Interior

Contactos

Calçada Fonte do Lameiro 6, 6200-358 Covilhã
275 329 969
40°16'42.5" 7°30'42.2"
Ficheiro com o nome: barra GeoBioTec

The research unit (RU) Geobiosciences, Geoengineering and Geotechnology (GeoBioTec) was created in 2007, as a result of the merger of six groups and research units from three Portuguese universities: Universidade de Aveiro (UA), Universidade da Beira Interior (UBI) and Universidade Nova de Lisboa (Faculty of Science and Technology, FCT-NOVA).

GeoBioTec inherited the resources, skills and competencies of the groups that preceded it, but also the scientific cultures developed by the main host institutions, resulting in a strong consortium between UAUBI and FCT-NOVA.

GeoBioTec includes around a hundred integrated doctoral researchers (PhD) and almost twice as many collaborating researchers, most of them doctoral students and post-docs, with skills in a wide spectrum of Geosciences, from the most fundamental to the most applied areas, and touching other interfaces such as:

• Architecture;

• Archeology;

• Biology (Ecology);

• Marine Sciences;

• Environmental Sciences and Engineering;

• Civil Engineering;

• Materials Science and Engineering;

• Agroforestry Engineering;

• Public health.

 

In the period 2020-2024, GeoBioTecincluded the following research groups:

• Lithospheric Evolution;

• Complex Environmental Systems;

• Georesources, Geotechnics and Geomaterials;

• Basin Analysis and Paleontology;

• Agro-Forestry.

 

Each group (GeoBioTec@Aveiro,GeoBioTec@UBI and GeoBioTec@NOVA) defines its own scientific and financial strategy, obviously in accordance with the general objectives of the RU, with GeoBioTec@Aveiro being the main management unit.

GeoBioTec is classified as “Very Good” by the Foundation for Science and Technology (FCT) and its mission is to identify, characterize, monitor, and model the different geological, physical and environmental processes that shape the environment in order to meet the sustainable development goals of the UN. Its researchers are committed to developing innovative, multidisciplinary, and interdisciplinary research, with an impact on the sustainability and resilience of cities, communities, and territories.

 

Currently, research at GeoBioTec@UBI is oriented towards the sustainability of cities, communities, and territories, involving three main lines:

- Georesources, Geotechnics and Geomaterials;

- Integrated Water Management;

- Planning and Management of Territories.

 

The main activities involve research with innovative aspects on static and dynamic stability analysis of geotechnical works, behavior of soils reinforced with geosynthetics or waste, waste valorization for geomaterial production, low enthalpy geothermal energy, prospecting for thermal water resources, application of nature-based solutions for water management and reuse, and sustainable management of heritage, pavements, mobility, and transport.

The research aims to develop solutions, materials, and technologies to respond to current and emerging challenges associated with the digital and ecological transitions that impact the sustainability and resilience of cities, communities, and territories.

A unidade de investigação (UI) Geobiociências, Geoengenharia e Geotecnologias (GeoBioTec) foi criada em 2007, como resultado da fusão de seis grupos e unidades de investigação de três universidades portuguesas: Universidade de Aveiro (UA), Universidade da Beira Interior (UBI) e Universidade Nova de Lisboa (Faculdade de Ciências e Tecnologia, FCT-NOVA).

GeoBioTec herdou os recursos, aptidões e competências dos grupos que a precederam, mas também as culturas científicas desenvolvidas pelas principais instituições de acolhimento, resultando assim um forte consórcio entre a UAUBI e FCT-NOVA.

GeoBioTec inclui cerca de uma centena de investigadores doutorados (PhD) integrados e quase o dobro de investigadores colaboradores, a maioria alunos de doutoramento e pós-docs, com competências num amplo espectro das Geociências, desde as áreas mais fundamentais até às mais aplicadas, e tocando outras interfaces como:

• Arquitetura;

• Arqueologia;

• Biologia (Ecologia);

• Ciências Marinhas;

• Ciências Ambientais e Engenharia;

• Engenharia Civil;

• Ciências e Engenharia de Materiais;

• Engenharia Agroflorestal;

• Saúde Pública.

 

No período 2020-2024 a GeoBioTec incluiu os seguintes grupos de investigação:

• Evolução Litosférica;

• Sistemas Ambientais Complexos;

• Georecursos, Geotecnia e Geomateriais;

• Análise de Bacias e Paleontologia;

• Agro-Florestal.

 

Cada grupo (GeoBioTec@AveiroGeoBioTec@UBI e GeoBioTec@NOVA) define a sua própria estratégia científica e financeira, obviamente de acordo com os objetivos gerais da UI, sendo a GeoBioTec@Aveiro a unidade principal de gestão.

GeoBioTec está classificada como “Muito Bom” pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e tem como missão identificar, caracterizar, monitorizar e modelar os diferentes processos geológicos, físicos e ambientais que moldam o ambiente visando o cumprimento dos objetivos do desenvolvimento sustentável da ONU. Os seus investigadores estão comprometidos no desenvolvimento de investigação inovadora, multidisciplinar e interdisciplinar, com impacto na sustentabilidade e resiliência das cidades, comunidades e territórios.

 

Atualmente, a investigação na GeoBioTec@UBI está a orientar-se para a sustentabilidade de cidades, comunidades e territórios, envolvendo três linhas principais:

- Georecursos, Geotecnia e Geomateriais;

- Gestão Integrada da Água;

- Planeamento e Gestão de Territórios.

 

As principais atividades envolvem investigação com aspetos inovadores sobre análise de estabilidade estática e dinâmica de obras geotécnicas, comportamento de solos reforçados com geossintéticos ou resíduos, valorização de resíduos na produção de geomateriais, energia geotérmica de baixa entalpia, prospeção de recursos hídricos termais, aplicação soluções baseadas na natureza para a gestão e reutilização de água e gestão sustentável do património, pavimentos, mobilidade e transportes.


A investigação pretende desenvolver soluções, materiais e tecnologias para responder a desafios atuais e emergentes associados à transição digital e à transição ecológica que impactam na sustentabilidade e resiliência das cidades, comunidades e territórios.

Equipa

Foto Nome + Função Contactos
Imagem d@ António Albuquerque  [Ficheiro Local]
António Albuquerque
Coordenador/a
antonio÷albuquerqueðubi÷pt
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.