Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Cinema
  4. Estética

Estética

Código 13101
Ano 2
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(45H)
Área Científica Filosofia
Tipo de ensino Face-to-face.
Estágios --n.a.
Objectivos de Aprendizagem Gerais:
1. Promover no estudante a compreensão da estética como modelo interpretativo e crítico do fenómeno da arte em geral e do cinema em particular;
2. Capacitar o estudante para, num primeiro plano, proceder à caracterização da estética, e, num segundo plano, identificar elementos de relação entre o cinema e a estética.

Específicos:
1. Identificar elementos históricos e problemáticos da estética filosófica;
2. Motivar a análise das categorias do belo e do sublime;
3. Motivar a leitura e compreensão de textos de análise e crítica estéticas;
4. Fomentar o interesse pela reflexão de temas de interseção da estética com a Arte e o Cinema;
5. Incentivar a discussão dos tópicos que assinalam a sensação no cinema e a espectatorialidade.
Conteúdos programáticos 1. Poética estética

2. Crítica estética
2.1. Juízo estético
2.2. Forma estética
2.3. Arte, natureza e gosto;
2.4. O belo e o sublime
2.5. Sensação e sentimento
2.6. O génio

3. Experiência estética e objeto estético
3.1. Objeto estético
3.2. Experiência estética da arte
3.3. Experiência estética da natureza

4. Estética do cinema
4.1. Sensação e cinema
4.2. O espectador de cinema - Espectatorialidade; Homem imaginário





Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Para uma ponderação de 100%: Realização obrigatória de 2 Testes Escritos de Frequência
Data dos Testes Escritos de Frequência: 21 de abril; 2 de junho

Nota: Para o conhecimento das regras de integridade académica subjacentes às atividades de avaliação, recomenda-se a consulta do Código de Integridade da Universidade da Beira Interior.
Bibliografia principal Jacques Aumont, Estética do filme, Campinas, Papirus, 2002.
Monroe C. Beardsley, John Hospers, Estética, Historia y Fundamentos, Madrid, Ediciones Cátedra, 1997.
Gilles Deleuze, Francis Bacon, lógica da sensação, Lisboa, Orfeu Negro, 2011.
Mikel Dufrenne, Fenomenología de la experiencia estética, vol.1, El objeto estético, Valencia, Artes Gráficas Soler, 1982.
Immanuel Kant, Crítica da faculdade do juízo [Kritik der Urteilskraft, 1790], Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1992.
Edgar Morin, O cinema ou o homem imaginário: ensaio de antropologia, Lisboa, Moraes, 1980.


Língua Português
Data da última atualização: 2022-06-22
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.