Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Eventos
  3. Workshop de Comunicação de Ciência e Tecnologia no Ciclo de Seminários INESPO III

Workshop de Comunicação de Ciência e Tecnologia no Ciclo de Seminários INESPO III

David Marçal dinamiza o workshop que se realiza na Faculdade de Ciências da Saúde (Sala Convencional 1), às 14h00.

  24 de outubro de 2019  

  •   UBI

David Marçal é o convidado da segunda sessão do Ciclo de Seminários INESPO III. O elemento da “Ciências Viva” e Agência para a Cultura Científica, dinamiza o Workshop de Comunicação de Ciência e Tecnologia, no dia 24 de setembro (quinta-feira).

A sessão realiza-se na Faculdade de Ciências da Saúde (Sala Convencional 1), a partir das 14h00.

O Workshop tem como objetivo desenvolver competências de interação com jornalistas.

Sinopse
Como aproveitar a oportunidade de falar com jornalistas Os contactos com a comunicação social podem ser frustrantes. Por vezes os entrevistados não se revêm naquilo que é publicado, por ser dado destaque a um aspeto considerado secundário ou mesmo por ser apresentada uma visão equívoca daquilo que se pretende transmitir. Em geral culpam-se os jornalistas, vira-se costas ao assunto e descarta-se o facto de se ter perdido uma oportunidade. Mas neste tempo de redes sociais a comunicação social tradicional ainda é muito importante para a afirmação pública de pessoas, ideias e empresas. Não se podendo controlar inteiramente o resultado das interações com os jornalistas, esse resultado é uma responsabilidade partilhada entre o jornalista e o entrevistado. Tendo como base a sua experiência de trabalho nos meios de comunicação social (colaboro com jornais e revistas desde 1993) e como entrevistado (tenho dezenas de interações por ano com jornalistas) irei apresentar um conjunto de ideias e dicas para tirar o melhor partido da oportunidade que representam os contactos com a comunicação social. É proposto um exercício escrito, realizado em grupo.

Sobre David Marçal
Doutorado em Bioquímica pela Universidade Nova de Lisboa (2008). Redator científico na Ciência Viva - Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, coordenador da rede GPS.PT (Global Portuguese Scientists) e colaborador habitual do jornal Público.
Foi cientista na empresa farmacêutica Hovione FarmaCiência e investigador em bioquímica estrutural no Instituto de Tecnologia Química e Biológica da Universidade Nova de Lisboa. Autor do Inimigo Público, redator da revista Kulto e jornalista de ciência no jornal Público (no âmbito do programa “Cientistas na redação”). Coordenador dos Cientistas de Pé, um grupo de stand-up comedy formado por investigadores científicos. Autor de várias peças de teatro e programas de televisão sobre ciência. Ganhou os Prémio Químicos Jovens 2010, (pela Sociedade Portuguesa de Química), o Prémio Ideias Verdes 2010 (pela Fundação Luso e pelo Jornal Expresso) e o Prémio COMCEPT 2014 (da Comunidade Céptica Portuguesa).

Data última atualização: 2019-10-14

Data da última atualização: 2019-10-14
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.