Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Produtores e especialistas nas Jornadas Técnicas das Prunóideas

Produtores e especialistas nas Jornadas Técnicas das Prunóideas

  20 de março de 2017  

  •   UBI

Img:

A cultura do pêssego, com grande expressão na Beira Interior, esteve em análise na UBI.

A Universidade da Beira Interior (UBI) dedicou um dia ao debate de um dos produtos mais importantes da produção agrícola da região, em especial da Beira Interior. As I Jornadas Técnicas das Prunóideas analisaram de forma abrangente a cultura do pessegueiro, passando pelos vários aspetos desta atividade e apresentação de dois livros sobre o tema.
 
A relevância dos temas discutidos no evento foi confirmada pela elevada audiência, que contou com 280 participantes com diversas responsabilidades no setor. Estiveram presentes produtores, técnicos, entidades públicas e privadas dedicadas à comercialização, oriundos de todo o país, para além de estudantes e dos mais diversos agentes associados à fileira de produção frutícola.
 
O objetivo passou por contribuir ativamente para a dinâmica do setor, promovendo a sua competitividade e sustentabilidade e valorizando a divulgação de conhecimento e inovação.
 
Em discussão estiveram as temáticas relacionadas com as tendências de consumo, situação do pêssego na União Europeia, a inovação nas variedades, bem como a inovação nas técnicas de produção, nomeadamente na poda, formas de condução e plantação, monda de flores, colheita e comercialização.
 
Estes temas foram apresentados por Igansi Iglesias, investigador do IRTA, Laurence Maillard, da empresa Regal’IN, associada ao melhoramento e produção de cultivares, e Sergi Font, da Quality Plant, empresa de experimentação e produção de plantas. Temas que vieram ao encontro do anseio de informação e esclarecimentos nestas temáticas por parte dos produtores e técnicos de fruticultura.
 
A componente da proteção fitossanitária decorreu de forma inovadora com a participação das associações de produtores (Associação de Agricultores para Produção Integrada de Frutos de Montanha - AAPIM e Associação de Protecção Integrada e Agricultura Sustentável do Zêzere - APPIZÊZERE) e Casas Comerciais (BASF, BAYER e SAPEC) a debater os principais problemas fitossanitários da cultura do pessegueiro.
 
No âmbito das Jornadas foram ainda lançados dois livros. Um deles intitulado “A Fisionomia Transformada – registos fotográficos e literários do dia-a-dia de um pomar de pessegueiros”, um livro de fotografias e poesia que enaltece a atividade de produção de pêssego. E “+pêssego – Inovação nas Técnicas de Produção”, o segundo volume da série +pêssego, que compreende a apresentação de resultados de quatro das sete ações incluídas no projeto “+pêssego – Inovação e desenvolvimento na cultura do pessegueiro”, projeto que engloba nove instituições, entre as quais a UBI.
 
No encerramento do evento, que decorreu na quarta-feira, 15 de março, o docente do Departamento de Engenharia Eletromecânica, Pedro Dinis Gaspar, que coordena a equipa da UBI que participa naquele projeto, indicou que a parceria ficou com a intenção de desenvolver futuras ações desta natureza.

Partilhar

Data da última atualização: 2017-03-20
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.