Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Consórcio liderado pela UBI visa promover a sustentabilidade do setor agroindustrial nacional

Consórcio liderado pela UBI visa promover a sustentabilidade do setor agroindustrial nacional

  6 de março de 2020  

Img:

O projeto S4Agro vai receber mais de um milhão de euros para promover a Sustentabilidade ambiental, a Salvaguarda de recursos, a Segurança de processos e a Sustentabilidade económica das empresas do setor agroindustrial.

A Universidade da Beira Interior (UBI) vai liderar um consórcio que se destina à qualificação de Pequenas e Médias Empresas (PME’s) do sector agroindustrial, para a adoção de soluções inovadoras e sustentáveis, que permitam aumentar a sua produtividade, eficácia e eficiência ao nível da indústria 4.0 e economia circular. O projeto S4Agro teve esta sexta-feira, dia 6 de março, a sua a 1º reunião, que decorreu na Faculdade de Engenharia da UBI.

Este projeto será desenvolvido em colaboração outras cinco instituições de Ensino Superior portuguesas e uma associação do sector agroindustrial e consiste no desenvolvimento de estudos em várias temáticas associadas à sustentabilidade dos subsetores da indústria da carne, hortofrutícolas, produtos lácteos e de padaria de todo o país, mas sobretudo nas regiões do Norte, Centro e Alentejo, onde se localiza o maior número destas empresas.

Ao longo do projeto, as empresas vão ser apoiadas ao nível de boas práticas, na escolha e utilização de embalagens primárias e secundárias mais ecológicas e sustentáveis. A rastreabilidade dos produtos que as embalagens albergam e a manutenção das suas características organolépticas durante um período mais longo, que se enquadram na temática das embalagens inteligentes e ativas, vão também ser alvo de estudos no sentido de promover a melhoria da sustentabilidade.

Será também analisada uma necessidade cada vez mais premente das empresas: a cibersegurança, isto é, a proteção do ambiente digital.

Por outro lado, e intimamente ligada a questões associadas à economia circular, serão ainda identificados os fatores críticos associados à redução e valorização de desperdícios com vista à melhoria da eficiência produtiva e redução dos impactes ambientais.

Tendo em conta que a inovação de base científica e tecnológica é cada vez mais um pilar da competitividade das empresas, o projeto visa também contribuir para esta área divulgando e facilitando às empresas o acesso a processos de capacitação para a introdução de inovação nas várias áreas de desenvolvimento do projeto.

“Trata-se de um grande desafio, pois o projeto S4Agro vai dar resposta na forma de soluções inovadoras e sustentáveis a um conjunto de questões que se colocam atualmente ao setor agroindustrial. É sem dúvida um projeto ambicioso, pois estas questões enquadram-se em distintas facetas do prisma que é a sustentabilidade como um todo: Qual e como usar a embalagem primária ecológica mais adequada? Como ser mais sustentável na embalagem e na logística dos produtos agroalimentares? Como utilizar de forma eficiente embalagens inteligente e/ou ativa? Como tornar mais seguro o ambiente digital da empresa? Como reduzir e valorizar desperdícios com vista à melhoria da eficiência produtiva e redução dos impactes ambientais? Como melhorar a capacidade de inovação de base científica e tecnológica da empresa?”, explica Pedro Dinis Gaspar, docente do Departamento de Engenharia Eletromecânica da UBI, que coordena o projeto, que detalha: “Vamos nesse sentido, propor soluções para que as empresas aumentem a sua produtividade, eficácia e, eficiência ao nível da indústria 4.0 e economia circular. Para as apoiar, vamos criar um conjunto de ferramentas de Tecnologia, Informação e Comunicação & Eletrónica (TICE), que vão ficar disponíveis, de livre acesso, para que qualquer interveniente as use para analisar a sua empresa e receber sugestões”.

Pela utilização dos resultados do projeto, pretende-se tornar as empresas mais competitivas e valorizadas através de boas práticas mais sustentáveis em termos ambientais, económicos e sociais, em mercados mais sofisticados.

O designado projeto “S4Agro – Soluções Sustentáveis para o Setor Agroindustrial” tem um financiamento superior a um milhão de euros, no âmbito do COMPETE 2020. Vai ficar sedeado no C-MAST - Centre for Mechanical and Aerospace Science and Technologies da UBI e começa a ter execução física a partir de Abril deste ano.

O consórcio é composto pela UBI, Universidade de Évora (UÉvora), Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), Instituto Politécnico da Guarda (IPG), Instituto Politécnico de Leiria (IPLeiria), Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster).

Partilhar

Data da última atualização: 2020-03-06
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.