Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Fundação la Caixa/BPI premeia projeto para remoção de microplásticos das águas residuais

Fundação la Caixa/BPI premeia projeto para remoção de microplásticos das águas residuais

  15 de maio de 2020  

Img:

A ideia POSEIDON está a ser desenvolvida por alunos do Mestrado em Biotecnologia da UBI. ​

Quatro estudantes da Universidade da Beira Interior (UBI) estão a desenvolver um projeto que propõe uma abordagem inovadora para remoção de microplásticos das águas residuais.​ Com a designação de POSEIDON, a proposta é uma das ideias vencedoras do Concurso 2019 PROMOVE – Regiões Fronteiriças, organizado pela Fundação la Caixa/BPI.​

Os criadores da ideia são André Miranda, Bernardo Teixeira, Pedro Ferreira e Pedro Vicente, alunos do Mestrado de Biotecnologia da UBI, sob a mentoria de Fani Sousa, docente e investigadora da Faculdade de Ciências da Saúde (FCS) e Centro de Investigação em Ciências da Saúde (CICS-UBI).​

A estratégia de biorremediação de microplásticos surgiu no âmbito da elaboração de um projeto na Unidade Curricular de Biotecnologia e Inovação, do Mestrado em Biotecnologia.​

A inovação da estratégia “prende-se com a criação de um processo biotecnológico que recorre à utilização de um microrganismo capaz de degradar estes microplásticos através do seu metabolismo”, explica Pedro Ferreira, de acordo com o CICS-UBI.​

Outro dos elementos envolvidos no projeto, Pedro Vicente, refere que “apesar das diversas campanhas para a sensibilização e propostas de redução da utilização de plásticos, nenhuma visa a eliminação sustentável de microplásticos do ambiente, aparecendo a POSEIDON como forma a superá-lo”.​

A problemática associada à utilização de plásticos tem sido amplamente discutida, “não só pelo que estes representam em termos de impacto ambiental, mas também pela sua crescente correlação com diferentes patologias, justifica André Miranda, sendo disso exemplo problemas hormonais e até mesmo cancro. ​Bernardo Teixeira salienta que “podem advir do consumo de água ou outros produtos alimentares contaminados por micropartículas de origem plástica”.​

Além do caráter inovador, a candidatura destaca a capacidade de transpor o projeto do meio académico para a indústria, nomeadamente indústrias transformadoras e ETAR’s, com impacto na sociedade pela consequente melhoria da qualidade de vida.​

Além de premiada no âmbito do PROMOVE, o grupo de investigadores viu a ideia ser selecionada para os finalistas do concurso Ocean’s Calling, uma competição integrada no projeto europeu OceanWise e promovido pela Sociedade Ponto Verde.​

POSEIDON conta com o apoio do CICS-UBI, UBI e Câmara Municipal da Covilhã.​

Partilhar

Data da última atualização: 2020-05-15
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.