Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. MediaTrust.Lab vai estudar a desinformação ao nível local

MediaTrust.Lab vai estudar a desinformação ao nível local

  7 de janeiro de 2021  

Img:

Projeto será desenvolvido na unidade de investigação LabCom com o objetivo de capacitar jornalistas e público dos media regionais.

A Universidade da Beira Interior (UBI) vai desenvolver um projeto que pretende estudar a problemática da desinformação à escala local. Com a designação de MediaTrust.Lab - Laboratório de Media Regionais para a Confiança e Literacia Cívicas, terá como sede o LabCom – Comunicação e Artes, unidade de investigação da Faculdade de Artes e Letras (FAL).

“Será um estudo pioneiro sobre a desinformação em contextos de proximidade em Portugal e procurará identificar e analisar estratégias e práticas de verificação de informação por jornalistas dos media regionais e a potencial colaboração dos públicos de comunicação locais no processo. A palavra-chave é capacitar”, explica Pedro Jerónimo, responsável pelo projeto e investigador do LabCom.

O MediaTrust.Lab é um dos quatro projetos aprovados pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) no painel de Media e Comunicação, que totalizou 69 candidaturas.

Para os peritos internacionais que fizeram a avaliação global das propostas, trata-se de um “excelente projeto com estratégia bem definida e alta relevância social”. Os especialistas elogiaram ainda a utilidade social e a contribuição científica, consideradas “totalmente perfeitas”, acrescentando que “o objeto de estudo corresponde a um problema importante, aborda um nível de análise para o qual ainda não há muito conhecimento, com uma metodologia convincente”.

Este projeto terá a duração de três anos e conta ainda com a participação da Universidade de Coimbra (UC). Além de Pedro Jerónimo, fazem ainda parte da equipa os docentes do Departamento de Comunicação, Filosofia e Política da FAL João Carlos Correia e Ricardo Morais e do Departamento de Informática da Faculdade de Engenharia, Bruno Miguel Silva. Completam a equipa Inês Amaral (co-investigadora responsável), João Miranda, Rita Basílio e Sílvio Santos, todos da UC, bem como Maria José Brites, da Universidade Lusófona do Porto.

A FCT anunciou, entretanto, que irá abrir novo concurso de projetos em todos os domínios científicos, que decorrerá de 28 de janeiro e 10 de março de 2021 (17h00, de Lisboa).

Mais informação
LabCom - Comunicação e Artes 

Partilhar

Data da última atualização: 2021-01-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.